fbpx

Pólipo intestinal durante a colonoscopia: Devo me preocupar?

Pólipo intestinal durante a colonoscopia: Devo me preocupar?

Pólipo intestinal durante a colonoscopia: Devo me preocupar? 1920 1080 Dr Jone Pereira

A identificação de pólipos intestinais durante a realização da colonoscopia, muitas vezes, é motivo de insônia para muitos pacientes. Principalmente porque, ao se fazer uma busca rápida na internet, logo vem a associação com o câncer colorretal. Se este é o seu caso, já te adianto: fique tranquilo.

O que é o pólipo intestinal?

Pólipo é um tecido anormal que se projeta para o interior do intestino grosso (cólon) ou reto. Na maioria das vezes, é assintomático. A sua origem é influenciada por uma combinação de fatores:

  • Idade: relação diretamente proporcional: quanto maior a idade, maior a probabilidade de desenvolvê-los.
  • História familiar: indivíduos com parentes de primeiro grau que possuam história de pólipos ou câncer colorretal tem maior probabilidade de possuir pólipos.
  • Sedentarismo, obesidade, tabagismo e alcoolismo: maus hábitos favorecem o desenvolvimento.
  • Doenças inflamatórias intestinais.
  • Dieta rica em gorduras e ultraprocessados.
  • Síndromes genéticas.

Há relação entre pólipo e câncer colorretal?

            Sim. O pólipo mais comum, o do tipo adenoma, tem grande potencial de se desenvolver em câncer se não for removido. Contudo, existem outros tipos de pólipos, como o hiperplásico, hamartomatoso, inflamatório, entre outros. Só saberemos de qual tipo se trata após a remoção e envio para avaliação laboratorial.

 

Dito isto, ao identificar no seu laudo de colonoscopia a presença de pólipos intestinais, o paciente deve procurar o médico para orientação. Durante a consulta, é observado:

  • Qualidade de limpeza do intestino;
  • O exame foi completo? (Chegada do colonoscópio até o ceco)
  • Houve remoção do pólipo? Se sim, de qual maneira?
  • Quantidade, tamanho e localização dos pólipos;
  • Avaliação da anatomia patológica do pólipo (laboratório);

Com essas informações, o médico terá condições de orientá-lo sobre a periodicidade da colonoscopia. A colonoscopia preventiva tem o objetivo de identificar e remover os pólipos antes que eles cresçam a ponto de manifestar sintomas ou até mesmo se desenvolverem em câncer colorretal.

Para reflexão: o que é melhor?

Fazer a colonoscopia, identificar e retirar pólipo intestinal OU não fazer a colonoscopia por que não sente nada e achar que está tudo normal? OU por medo?

Ficou fácil depois desta leitura, não é mesmo?

 

Logo Dr Jone Pereira Médico Coloproctologista em Belo Horizonte footer

Telefone

31 99585-2106

E-mail

contato@drjonepereira.com.br

Dr Jone Pereira Médico Coloproctologista

© 2023 Direitos reservados a Eagle.Medic – Uma Empresa do Grupo Eagle Comunicação.